Reflexions

PRETENDING SOMETHING TO OURSELVES IS THE WORST ROLE WE CAN PLAY IN LIFE | FINGIR ALGO PARA NÓS MESMOS É O PIOR PAPEL QUE PODEMOS DESEMPENHAR NA VIDA

We may pretend something for many reasons: for pride, for not admitting we were wrong, for not accepting we were fooling ourselves, for the fun of playing the cool one or even for being ashamed.

And all pretending is fed by a wrong perception of life, where the important thing would be what we show but not who we actually are.

We create expectation over things and people, but perhaps days ahead us won’t be that many, and perhaps we will end up missing out experiences and people just because we thought life was like a reality show, where we play sort of role while other people watch the version we choose to show. But Life is not a game, people are not toys, and we don’t have forever.

So stop pretending you are walking the right race and don’t leave life later just by being yourself!

***

Podemos adotar uma postura de fingimento por muitas razões: por orgulho, por não admitir erros, por não aceitar que estamos nos enganando, por querer bancar o legal ou até mesmo por vergonha.

E todo o fingimento costuma ser alimentando por uma errônea percepção da vida, em que o importante seria parecer ser e não ser de fato. Isto somado a também equivocada ideia de que temos o tempo em nossas mãos, como se pudéssemos reverter situações, recuperar o tempo perdido ou até conter as consequências das nossas escolhas e falta de transparência para conosco e com os outros.

Presumimos coisas e achamos que tudo acontecerá como idealizamos, mas talvez os dias à nossa frente não sejam tantos, e talvez acabemos por perder coisas e pessoas só porque nós pensamos que estávamos em um reality show, atuando para um público que assiste a uma versão fajuta do nosso eu. Mas a vida não é um jogo, as pessoas não são brinquedos e nós não estamos aqui para sempre.

Assim sendo, não atue no palco da vida, seja você mesmo por pior que isso possa parecer! Não adie a vida!

#longingformore #blogging #writing #life #faith #God #relationships #thoughts #poetry #blog #love #Deus #amor #poesia #fe #pensamentos #pretending #fingir #role #papel

Gratuated in History by PUC-SP (2009), postgratuate in Corporate Affairs (2010) and MBA in Marketing by FGV-SP (2016) and a master degree in History by PUC-SP (expected to 2021). More than 12 years of experience in Corporate Affairs playing different roles in big and global companies. Writer of the blog Longing for more since 2017. *** Possui graduação em História pela PUC –SP (2009), pós-graduação em Comunicação Corporativa (2010) e MBA em Marketing pela FGV-SP (2016) e é mestrando em História pela PUC –SP (2021). Atuou por 12 anos em comunicação corporativa e marketing em grandes empresas e multinacionais de diferentes segmentos. Escritora do blog Longing for More desde 2017.